Home Sem categoria Jogos on-line são ferramentas importantes para aprender inglês

Jogos on-line são ferramentas importantes para aprender inglês

0
Jogos on-line são ferramentas importantes para aprender inglês
Crédito: Envato

Horas em frente a uma tela, conversando e colaborando com jogadores de diversas partes do mundo. Os jogos on-line oferecem uma oportunidade valiosa para conhecer outras culturas e realidades. Ao mesmo tempo, como congregam uma diversidade de pessoas, dão a chance de exercitar os conhecimentos em outros idiomas, principalmente o inglês, que é hoje uma língua franca.

Além das conversas com outros jogadores, a própria construção da narrativa desses jogos pode trazer uma boa contribuição para quem quer ter contato com expressões idiomáticas e treinar o uso da língua inglesa. De acordo com Luiz Fernando Schibelbain, gerente de conteúdo do PES English, os games são uma boa ferramenta para melhorar o desempenho no inglês, mas é preciso cautela. “Nem todo jogo será adequado para isso. Jogadores que têm um nível muito básico de inglês terão alguma dificuldade para compreender jogos mais complexos, com história elaborada, por exemplo”, ressalta. Por isso, estudantes em níveis iniciais devem buscar games que não exijam amplo conhecimento idiomático.

Uma das vantagens de usar esses jogos para aprender inglês é o fato de que, conforme a história se desenrola, o jogador se obriga a raciocinar em inglês. Essa é uma das habilidades fundamentais para quem quer se tornar fluente. “Nos níveis iniciais do idioma, costumamos usar mais o português como apoio e, em seguida, traduzir as frases para o inglês. Conforme avançamos nos nossos estudos, a familiaridade com expressões, vocábulos e estruturas nos empoderam e, quando finalmente conseguimos já formular nossas ideias em inglês, é quando estamos mais próximos da fluência”, detalha o especialista.

Que jogos escolher?

Assim como acontece com o próprio aprendizado de Língua Inglesa, escolher os jogos mais adequados para cada pessoa depende do nível de conhecimento no idioma. “O ideal é escolher games que tragam uma quantidade maior de diálogos e narrativas em inglês apenas quando o jogador se sentir confortável. Por outro lado, se esses diálogos e narrativas parecerem básicos demais, é hora de escolher algo maiscomplexo”, explica Schibelbain.

Para quem está começando, jogos como The Sims® (faixa etária 12+) podem ser uma boa pedida. No já tradicional game, cada vez que o jogador clica em um objeto, aparecem várias opções de ação, o que ajuda a entender várias expressões cotidianas. Minecraft® (faixa etária 10+) também se encaixa nas opções para esse grupo.

Quando esses jogos mais simples já estiverem dominados, é hora de começar a avançar um pouco. Para isso, os aclamados League of Legends® (faixa etária 12+) e Resident Evil® (faixa etária 18+) são ótimas opções. Embora possuam alguns diálogos, nenhum deles contém histórias muito complexas, que podem dificultar a compreensão de um estudante de nível médio no idioma. Ativar as legendas também pode ajudar a compreender melhor o vocabulário.

Tão importante quanto escolher o jogo certo é saber como usá-lo para, de fato, melhorar a fluência. Pular partes como o enredo, por exemplo, é um erro, porque é justamente esse o melhor momento para desenvolver habilidades como a audição e a leitura em inglês. Fala e escrita também melhoram ao conversar com jogadores de outros países. Mas atenção: embora jogar seja, de fato, uma maneira de adquirir vocabulário e aprender novas expressões em inglês, essa deve ser uma ferramenta complementar e não substitui a tutoria de um professor especializado. “Apenas um profissional poderá guiar, facilitar e auxiliar na jornada de aprendizado junto ao aluno, caminhos para um resultado cada vez melhor e mais embasado. Afinal, aprender uma nova língua é algo para se aplicar em vários contextos, entre colegas, amigos e o mundo todo”, finaliza.

*Recomendações: menores de dois anos, nenhum contato com telas ou videogames; dos dois aos cinco anos, até uma hora diária; dos seis aos dez anos, até duas horas; dos 11 aos 18 anos, até três horas.

Sobre o PES English

O PES English é um programa de Inglês avançado destinado a escolas particulares. Ele oferece aos professores assessoria pedagógica especializada, portais de conteúdo e uso da língua inglesa, além de materiais didáticos internacionais publicados por editoras de referência. Presente em mais de 390 escolas em todo o país e atendendo a mais de 105 mil alunos, a solução educacional tem como objetivo desenvolver as habilidades de leitura, fala, escrita e escuta do Inglês em alunos entre 3 e 16 anos. Com certificação e reconhecimento internacionais, o PES também oferece a escolas e alunos assessoria na administração e aplicação de exames de proficiência Cambridge e Michigan Assessment English.

Previous article Condomínios devem reforçar limpeza e higienização nas férias
Next article <strong>Cresce procura por veículos elétricos no Brasil</strong>
SOMOS A CENTRAL PRESS! Uma agência de reputação que alia a responsabilidade e a ética do Jornalismo e da Comunicação Empresarial à criatividade do mundo da Publicidade e à diversidade do ambiente digital, sem deixar de lado a força do relacionamento interpessoal e das histórias que ajudam a construir marcas fortes e verdadeiras. Em 2020, fomos eleitos a melhor agência de comunicação empresarial do Sul do Brasil e uma das três melhores do País no Prêmio Top Mega Brasil. Além disso, conquistamos diversos outros prêmios, concedidos por entidades como ABERJE (Associação Brasileira de Comunicação Empresarial), Sindicato dos Jornalistas e ADVB (Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here